segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Aplicativos para crianças

Postado por Julianna Barroso às 16:40


Não há como fugir. Estamos na era da tecnologia e nossos filhos sabem, por vezes, mais que nós mesmos nessa área. 
Alice adora joguinhos e aplicativos de celular. Claro que temos que ter bom senso e não permitir que eles fiquem horas e horas ligados somente nisso. Existe sim um equilíbrio e claro que devemos impor limites. Mas, a tecnologia que invade nossa casa todo instante, não pode ser considerada como inimiga. Temos que conhecê-la e utilizá-la ao nosso favor. 
Existem aplicativos, que disfarçados de joguinhos, divertem e ensinam nossos pequenos. Pesquisando sobre isso na internet encontrei uma lista com 15 aplicativos bem legais que servirão ao nosso favor se soubermos usá-los. 

1. ABC do BITA
É nacional e em português, algo ainda raro no mundo dos aplicativos. Colorido, mostra um objeto e a letra inical do nome dele. “Tocando na letra A, por exemplo, passa o aviãozinho voando. É ideal para quem está sendo alfabetizado”, diz Daniel Gonzales, editor-assistente do Link, caderno de tecnologia do jornal O Estado de S. Paulo, e pai de Bernardo, 3 meses. Crianças mais novas também vão se encantar. O pesquisador Maurício Piacentini, que estuda os efeitos cognitivos dos jogos digitais, recomenda apresentar o jogo a partir do momento que seu filho demonstrar interesse pelas letras.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 4 anos
2. Angry Birds
Os passarinhos raivosos que precisam ser arremessados sobre os porquinhos com a ajuda de um estilingue ganharam várias versões, como a baseada em Star Wars e no filme Rio. Um dos pontos positivos avaliados por Maíra Scombati, educadora, psicopedagoga e diretora de educação infantil da Escola Teia Multicultural, é que o app estimula o conhecimento das leis básicas da física, já que cada pássaro tem comportamento diferente de força e peso.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 3 anos
3. Baby Touch Sound
Ainda que seu filho seja tão pequeno a ponto de não ter coordenação motora para tocar a tela do seu gadget, vai se divertir vendo as figuras de carros, animais, insetos e instrumentos musicais e ouvindo os barulhos que elas fazem.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 1 ano
4. Color and Draw for Kids
Desde os primórdios do Paintbrush, não tem criança que não se divirta desenhando em plataformas digitais. Nick Ellis, editor do site TechTudo, diz que seus filhos Maria Clara, 7 anos, e Theo, 5, adoram colorir, desenhar e até mesmo fazer montagens com fotos. De acordo com Luciana Ruffo, psicóloga do Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática da PUC-SP, esse tipo de aplicativo é ótimo para crianças de 3 a 4 anos, que adoram colorir.
Plataformas: Android e iPhone / Idade: 2 anos
5. Cut The Rope
Esse jogo desenvolve a estratégia, em que você precisa cortar as cordas na ordem e no momento certo para ajudar o sapo a conseguir comer a bala.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 4 anos
6. Diamond Dash
Junte no mínimo três pedras da mesma cor e clique para destruí-las. Um clássico que nunca sai de moda. “Fiquei viciada e o Theo também adorou. Quando ele começa a reclamar em lugares públicos, abro o game e ele fica vidrado nas cores, e na dinâmica. Coloco o dedo dele na tela para destruir as fileiras de diamantes e é a maior diversão”, diz Bianca Jhordão, apresentadora do programa Combo: Fala + Joga, da PlayTV, vocalista da banda Leela e mãe de Theo, 7 meses.
Plataformas: iPad e iPhone / Idade: 3 anos
7. A Era do Gelo: Vilarejo  
Citado por vários de nossos leitores, o vilarejo de Sid e Manny precisa ser construído e habitado. Conforme a criança completa as tarefas, vai ganhando pontos e passando de fase. Lembra o jogo Farmville, que foi sucesso no Facebook. “Jogos como esse são uma maneira de desenvolver a interação social das crianças. Ela aprende que, para a vila crescer, por exemplo, precisa da ajuda do vizinho”, diz a psicóloga Luciana.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 4 anos
8. Fruit Ninja
Corte rápido as frutas antes que elas sumam da tela! “Estimula o reconhecimento rápido de formas, embora a reação ao estímulo seja sempre a mesma, o que pode entediar algumas crianças”, diz Maurício Piacentini. Esse jogo fez tanto sucesso com Miguel, 2 anos, filho de Rafael Noris, analista de mídias sociais e autor do blog Família Palmito, que o pai resolveu investir na versão paga. “Ela vem com o Modo Zen, perfeito para crianças pequenas, pois elas não perdem, só acaba o tempo. Também não tem propaganda".
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 3 anos
9. Turma da Galinha Pintadinha
Ela é o maior fenômeno da música infantil e seu nome foi citado por pelo menos metade das pessoas que contribuiram para essa lista. O aplicativo tem figuras para colorir e clipes animados em versão normal e karaokê. A educadora Maíra aponta como ponto negativo o fato de ser necessário comprar quase todo o conteúdo (só três clipes são gratuitos). “Isso pode estimular o consumo precoce nas crianças menores, que não entendem por que algumas músicas não funcionam.
Plataformas: iPad e iPhone / Idade: 6 meses
10. Quero Ser da Turma da Mônica
Nesse app você monta avatares com base nos traços dos personagens criados por Maurício de Sousa. Dá para mudar a cor da pele e dos olhos, tipo de cabelo, colocar acessórios, transportar os personagens para cenários e salvar uma galeria dos seus favoritos. Maíra sugere que você e seu filho brinquem juntos: “Proponha desafios: ‘Vamos montar a vovó?’. Estimule a criança a construir seus próprios projetos. Isso provoca uma experiência bem mais rica do que simplesmente tentar atingir um objetivo determinado pelo jogo".
Plataformas: iPad e iPhone / Idade: 3 anos
11. Talking Friends
Talking Ben, Talking Gina, Talking Tom etc. Cada criança tem o seu favorito! Todos esses bichos que repetem o que as pessoas falam com voz engraçada são sucesso. Além de ter cores e desenhos que chamam a atenção, também são um tanto escatológicos (o gato solta pum, por exemplo), o que agrada os pequenos. Para Maurício, o jogo é um pouco repetitivo e, apesar de divertido, não é dos mais educativos. Pode brincar, mas não exagerar no uso.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 2 anos
12. Temple Run
Nesse jogo, você está correndo pelas ruínas de um templo perdido e começa a ser perseguido por macacos possuídos por espíritos malignos. Precisa pular buracos, abaixar para não bater a cabeça e virar repentinamente para não cair em abismos. Em ritmo frenético, o jogo pode ser desafiador até para os adultos – o que conquista crianças que adoram se superar. O filho de Nick, do TechTudo, tem 5 anos e já curte. “O legal é que todas as interações são feitas deslizando o dedo ou movimentando o aparelho.” Estimula reflexos e coordenação motora.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 6 anos
13. Toca Hair Salon
Os aplicativos da empresa Toca Boca são todos bem avaliados. No Hair Salon dá para cortar o cabelo, fazer a barba, tingir e pentear vários personagens engraçados que fazem caretas conforme são embelezados. “Estimula a criatividade e diz respeito a atividades relacionadas com o universo real da criança, como uma ida ao cabeleireiro”, explica Maurício. Tem uma versão especial de Natal gratuita só com o Papai Noel e o pinheiro. Outra coisa bacana é a área for parents (para pais), com instruções de uso e possibilidade de desabilitar ofertas.
Plataformas: iPad e iPhone / Idade: 2 anos
14. Wood Puzzle Maze World Flags
Um misto de quebra-cabeças e labirintos, esse aplicativo pede ajuda às crianças para ligar bandeiras, imagens culturais e mapas aos nomes de países. As informações do jogo são simples, mas estão em inglês. Como os personagens falam bem devagar, seu filho ainda aprende outra língua.
Plataformas: iPad / Idade: 5 anos
15. Where’s my Water
Esse aplicativo da Disney pede que a criança ajude o jacaré a tomar banho. Vai ser preciso cavar a terra e desviar o esgoto, além de achar patinhos, buchas e sabonetes perdidos. “O João adora as músicas e as caras que o jacaré faz. Ele ri bastante quando joga”, diz Silvia Baliero, editora do site da Época Negócios. “A interface é intuitiva e as crianças gostam de ver o que acontece com a água de acordo com os movimentos que fazem”, diz Maurício.
Plataformas: Android, iPad e iPhone / Idade: 4 anos

Claro que além desses existem muitos outros. Não fique de fora do mundo do seu filho. Divida momentos com ele na medida que ele precisa. E, boa sorte, pois eles são bem melhores que muitos de nós. 
=)

FONTE: http://revistacrescer.globo.com/Diversao/Games-e-Apps/noticia/2013/03/os-melhores-apps-para-criancas.html





0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
#160