quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Minha filha não tinha pai

Postado por Julianna Barroso às 19:06
Fiquei grávida durante um relacionamento que tive na França. Gostava do pai dela, mas não conseguimos ter uma boa convivência por vários motivos. O que aconteceu foi que com 4 meses e meio de gravidez eu voltei para o Brasil deixando meu ex e pai da Alice pra trás.
Quando a Alice nasceu eu tentei conversar com ele pra ver se ele registrava a Alice. Ele já veio com inúmeras dificuldades, que não queria uma filha de longe, etc, etc... Desisti e continuei minha vidinha, criando minha filha da melhor maneira que eu pude.
Agora, há alguns meses conheci uma pessoa muito especial, que ama a Alice demais e quis adotá-la. Ele adotou mãe e filha e estamos muito felizes.
É visível a transformação da Alice. Ela enche a boca pra falar PAPAI. E não para de chamar ele de pai. É papai pra cá, meu paizinho pra lá. Quer ligar a todo instante. Só quer sair se for com ele. Está mais segura, mais independente. Nem imaginei que ela fosse reagir tão bem. Mas, estou muito feliz. Feliz por nós três que ganhamos muito com isso.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
#160